Adoradores da Eucaristia    Adorar é conhecer a grandeza de Deus e o seu poder. Irmã Ercília

< sobre o movimento

Irmã Ercília

Irmã Ercilia

Cartas aos Adoradores

 

Londrina, 22 de março de 1999

Queridos adoradores,

Carregamos na mente e no coração um título que nos compromete. "SOMOS ADORADORES DA SANTA EUCARISTIA". Por isso é preciso que a palavra adorador ou adoradora se transformem em vida.

Que não sejamos como as garrafas rotuladas, dando informação sobre o vinho bom, sendo o conteúdo inferior, pois a propaganda não é sua. Que não usemos da Santa EUCARISTIA como capa para esconder nosso egoísmo, sob o rótulo de adoradores, revelando a nossa falta de fé.

Que cada dirigente saiba conduzir o seu grupo na humildade e na simplicidade. E que cada grupo saiba do mesmo modo, acatar as orientações dos seus dirigentes na conservação do nosso Carisma. É preciso tomas consciência de que cada adorador é responsável e um dirigente do Movimento, juntamente com seus coordenadores.

Pelo fato de sermos adoradores, o Pai nos confiou o dever do testemunho diante dos seus. Por isso Jesus não censurou o povo, mas os seus dirigentes pelo fato de terem pervertido a ordem de seu Pai, o inspirador da Lei. "O INSPIRADOR DO CARISMA". A nossa adoração é uma "ADORAÇÃO ESCOLA". Uma doutrina EUCARÍSTICA.

Esse Movimento nasceu para formar o coração de cada adorador e adoradora, segundo o coração do Senhor, o fiel Adorador do Pai. Por isso, os momentos de silêncio e os cantos litúrgicos, que levam a uma contemplação da Pessoa EUCARÍSTICA DO FILHO DE DEUS. Os adoradores são convocados por Deus para divulgarem a grandeza da Santa EUCARISTIA, no silêncio do SACRÁRIO. Quando Deus convoca, Ele exige renúcias. Vemos os homens e mulheres da Bíblia: A vida de Abraão, Moisés, Judite, Rute, Ester, os profetas e os santos de ontem e de hoje. A mudança é radical. Assim, nós adoradores devemos falar pelo testemunho, que acreditamos na palavra de Jesus: "ISTO É O MEU CORPO, ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE". Ao recebermos o Sangue do Senhor, estamos recebendo a força de um preceito, uma convocação: "AMAI-VOS COMO EU VOS AMEI". É o amor que dá força ao testemunho, por isso ele está também em nossa maneira de sentir, especialmente no tempo do calor. Não é permitido a nenhuma adoradora ou adorador, coordenar uma vigília e receber a Santa EUCARISTIA com roupas inadequadas. Sejamos simples e modestos, a exemplo da Mãe do Senhor. Assim cumpriremos a missão do testemunho como enviados do Pai. "EIS QUE EU ENVIO O MEU MENSAGEIRO OU A MINHA MENSAGEIRA DIANTE DE TI, A FIM DE PREPARAR O CAMINHO" (Mc 1,2).

Queridos Adoradores, que em casa Santa Missa e adoração o Senhor venha ao nosso encontro, para confirmar o nosso coração, com a mesma força que confirmou o coração dos santos e profetas. Abramo-nos a Ele, para que Ele tenha condição de trabalhar em nós.

Dai, Senhor, a todos os adoradores, um coração de enviados e que o vosso Santo Espírito os guarde da infidelidade ao chamado do testemunho EUCARÍSTICO. Ó Maria, Mãe da Igreja, Rogai por nós.

Quero aproveitar esta carta para desejar a todos vocês uma feliz e Santa PÁSCOA! Que Jesus ressuscitado plenifique os seus corações na paz e no amor.

FELIZ PÁSCOA!

Quem os ama com a ternura do coração EUCARÍSTICO do Senhor,

Irmã Ercília Gonçalves Tavares


 

Londrina, 18 de fevereiro de 2000

Queridos adoradores, "Adorar é despojar-se de si mesmo, para abertura da ação do Espírito Santo" (Manual nº3).

Esta frase contém toda riqueza daqueles que se comprometem, pela consagração, a seguir novos caminhos pela descoberta do Mistério de nossa fé, "a Santa Eucaristia".

Por isso, queridos, é preciso não trair o nosso Carisma, que é a adoração, contemplação e silêncio. Digo isto devido o crescimento dos grupos e no meio de tantos, pode haver alguém que não aceite a nossa maneira de conduzir as nossas adorações. Mas é preciso tomar consciência que os "adoradores são escolhidos pelo Pai, para divulgar com a vida a grandeza de seu Filho Eucarístico, dando vigor à Liturgia da Igreja" (Manual). E, continuando a leitura do manual, está assim: "Ser adorador é revestir-se de um Carisma próprio, onde todo o seu ser espelha a grandeza dos seus frutos, Eucarísticos".

Como o nosso Carisma é próprio, não é permitido desviar-se do mesmo imitando outros grupos: seja no canto, nas intercessões e na maneira de nos portar diante do Santíssimo, como colocar as mãos no ostensório. Somente o Ministro da Eucaristia poderá fazê-lo, pelo seu ministério.

As nossas preces serão feitas uma pessoa por vez, como acontece na liturgia Eucarística, como ainda nos ensina o manual. "Devem manter nos costumes e na Vida, aquilo que receberam ela fé e pelo sacramento da celebração da Santa Eucaristia".

É com muito carinho que lhes escrevo, pois minha missão é estar atenta para que nada atrapalhe o Dom que Deus Pai nos confiou. Sermos os divulgadores da Pessoa de seu Filho Eucarístico! A fidelidade é uma graça. Como não posso estar com vocês fisicamente, escrevo esta carta embebida no Amor Eucarístico do Senhor, que está no meu coração. Sabendo que se não formos fiéis, Deus nos tirará a sua graça e passará para outros. Pois Ele depositou uma grande confiança em nós.

Para maior aprofundamento de nossa espiritualidade Eucarística, aconselho que cada adorador e adoradora tenha sempre em mãos o manual. É um documento que deve ser lido, amado e respeitado.

Encerro esta carta pedindo a Cristo Eucarístico que tome seus corações em cada Santa Missa e os ofereça ao Pai, no momento do ofertório.

Um abraço, com a ternura do coração daquele que se fez Pão por amor.

Imrã Ercília Gonçalves Tavares
Missionária Eucarística


 

Londrina, 08 de janeiro de 2001.

Queridos Adoradores da Santa Eucaristia, que o próprio Jesus seja a fonte a força de todas as suas ações. Sejam Santos! Esta é a Vontade de Deus.

Cada Grupo de Adoradores coordenados pelos coordenadores são caminhos e metas para mostrar ao mundo a realeza de Jesus Eucarístico. O Espírito de Deus nos convida à conversão neste novo tempo. Somos convocados pelo Pai para sermos luz do mundo. E só seremos luz quando unidos à luz que é Jesus. O Sacrário é a grande usina, tem a maior potência do mundo capaz de abastecer todos que estão ligados ao grande motor do amor sem limite. "Deus é amor"! Ligados à Deus, vamos procurar, através dos sacramentos, manter firme o fio de luz para não haver interrupção da graça entre nós e todos os que são colocados em nossos caminhos. Nada acontece por acaso. Tudo é providencial. Cada pessoa é um tesouro. O número não importa, basta a busca do rosto de Deus em Jesus Eucarístico.

O importante é a busca da Santidade e da unidade tão desejada por Cristo a ponto de se fazer pão em cada celebração. Vamos rezar e sempre agradecer a Deus pelo nosso querido assessor Pe. Marcos José. É um presente para nós, dado por Deus.

Queridos Adoradores, sejam Santos, conquistem a coroa da vitória de Cristo Eucarístico, andando descentemente, cuidando das palavras de suas bocas a fim de serem testemunhas do Sacrário. Que honra para nós!

Deus nos escolheu!

Beijos!

Irmã Ercília Gonçalves
Movimento dos Adoradores


 

Londrina, 29 de maio de 2001.

Queridos Adoradores, usando as palavras de S. Paulo hoje para vocês eu digo: "Sem cessar, diante do SACRÁRIO agradeço a Deus, por causa de vocês, em vista da graça de Deus que lhes foi concedida em Jesus Cristo EUCARÍSTICO". Pois em Jesus é que vocês receberam todas as riquezas, tanto da palavra quanto do conhecimento. Na verdade, o testemunho de Cristo EUCARÍSTICO tornou-se firme. Firme em vocês, queridos adoradores, a tal ponto que não lhes falta nenhum Dom que esperam a revelação de Nosso Senhor Jesus Cristo. O Deus que chamou vocês para a adoração e a comunhão com seu Filho EUCARÍSTICO, Nosso Senhor, Ele é fiel (1º Cor, 1,1-9). E o seu desejo é que vocês também sejam firmes na fé EUCARÍSTICA, correspondendo a essa fidelidade de Deus, a exemplo de Maria, a Virgem Fiel. Só assim, poderão ser impulsionados pelo mesmo Espírito que a animou e com ela cantar: "A MINHA ALMA ENGRANDECE O SENHOR E MEU ESPÍRITO EXULTA DE ALEGRIA EM DEUS MEU SALVADOR".

A razão desta carta é pedir a vocês que sejam fiéis ao nosso carisma de divulgadores do amor EUCARÍSTICO do Senhor, com suas próprias vidas. O silêncio do SACRÁRIO nos afirma que o testemunho de vida, fala mais alto do que falar de si mesmo. Diz um escritor russo: "o silêncio é sempre belo e a pessoa que cala é mais bela do que a pessoa que fala". É por isso que peço: "É preciso que as vigílias EUCARÍSTICAS correspondam ao nosso carisma". É uma doutrina profunda para se formar corações EUCARÍSTICOS. Não é permitido coordenar uma vigília com palavras, que não seja, o seguimento ordenado pela folha escrita. Quando fazemos isto falando de nós mesmo, deixamos passar aquela hora tão importante, estamos fora da comunhão com outros grupos que seguem fielmente. As vezes quando dirigimos uma vigília, temos vontade de falar alguma experiência nossa, mas é preciso calar o desejo e deixar que Jesus fale ao coração de cada adorador, a sua própria experiência com o Pai, a quem Ele quer revelar os seus segredos. A falta de fidelidade ao carisma é uma traição ao Espírito Santo. No grande desejo da santificação de seus corações, a fim de que sejam elevados ao alto em cada Santa Missa, quando o sacerdote nos convida: "CORAÇÕES AO ALTO!" E nós respondemos: "O NOSSO CORAÇÃO ESTÁ EM DEUS". Meus amados adoradores, é com muito amor e ternura EUCARÍSTICA, que vos escrevo, disto Deus é testemunha e creio que vocês também não duvidam! O meu coração engrandece o Senhor Deus por cada uma e cada um de vocês. Pela Santa EUCARISTIA, nós somos introduzidos na comunidade do amor de Cristo, com o Pai, no Espírito Santo. Desejo ardentemente que nEle sejamos um só coração e uma só alma, para que possamos num mesmo coral de amor em adoração pronunciar com os nossos lábios a palavra "ABA! = PAI!", colocado em nós pelo Dom do Espírito Santo. É este amor que deverá circular entre nós, somos o elo de uma corrente, a corrente da alegria EUCARÍSTICA. Que ao ser lida esta carta, todos os que estiverem ouvindo recebam em Cristo um beijo, dado por mim em cada coração. Eu amo vocês! Embora eu esteja ausente fisicamente, mas no amor e na oração estou presente em cada grupo. Rezem também por mim.

Um abraço com afeto e carinho,

Irmã Ercília Gonçalves Tavares, M.E.


 

Londrina, 1 de janeiro de 2002.

Queridos adoradores, em Cristo - Hóstia, quero abrir a vocês o meu coração. Olhem, eu amo vocês tanto, tanto... Vocês estão arraigados no meu coração, com água com vinho são a minha porção na terra de Deus.

Hoje, primeiro dia do ano de 2002 - primeira hoje, primeiro momento, enquanto soltam os rojões e muitas famílias ao redor das mesas, eu estou só com o tesouro santo da Eucaristia, de joelhos, rezando por vocês. O que mais pedi a Deus naquele momento foi a santificação dos seus corações. "Ó Jesus Eucarístico, guarde para a glória de Deus o coração de cada adorador e adoradora. Abençoai-os, Senhor, para que cada um seja um sacrário vivo pelo exemplo de suas vidas testemunhando que estás vivo no meio de nós. Que aonde estiverem sejam representantes do Sacrário, muitos mais que os vendedores apresentam suas mercadorias e conseguem lucros. Que casa Santa Missa e Adoração sejam lucros para vossa glória". Amém.

Um trecho bíblico me fez lembrar as doações em alimento e dízimo do Movimento. Leiam Malaquias 3, 10-12. Que todas as nações vos proclamam felizes por que são os escolhidos para serem os embaixadores da Eucaristia: Deus os abençoe! Deus os guarde para Cristo em MAria.

Beijos no coração de cada um de vocês, de quem os ama muito.

Irmã Ercília Golçalves - 0 hora.


 

Londrina, 7 de julho de 2002.

Queridos Adoradores,

A Santa Eucaristia é "fonte e ápice de toda vida cristã" (Cat. 1324). "Ela é o resumo, a síntese de nossa fé" (Cat. 1327). Por isso a ela devemos todo o nosso respeito.

Revestidos da graça pelo batismo, o Senhor nos concedeu o dom da fé, dando-nos o conhecimento deste tesouro inexplicável. E assim, devagar, vamos penetrando neste Mistério insondável do amor de Deus feito Pão em Cristo.

A Santa Missa é a antecipação de nossa Páscoa final, onde Cristo será tudo em todos. A Eucaristia é uma fonte inesgotável de graças. A nossa adoração é uma reverência a este Mistério da Fé.

É preciso aproveitar bem os momentos de adoração tendo como ponto privilegiado "o silêncio". Sabemos que a oração, nossa comunicação com Deus, não se "aprofunda" sem o silêncio.

Quando duas pessoas amigas querem se comunicar, e no ambiente em que estão já conversas e trabalhos, elas retiram-se para um lugar silencioso e, no absoluto silêncio, falam entre si. Assim devemos ser com o nosso Amigo Jesus Eucarístico. Ele bem ao nosso encontro falar do seu imensuável amor. O momento de Adoração é esse momento em que somos retirados do barulho, pelo dom do Espírito Santo para o encontro pessoal com Jesus.

E o que é adorar? É despojar-se de si mesmo para a abertura do Espírito Santo de Deus. Só "despojamento" possibilitará criar em nós um clima de adoração.

Creio que aqueles que participam da Santa Missa antes do Momento de Adoração, deverão estar preparado pela Palavra proclamada durante essa celebração. Então, não há necessidade de proclamá-la novamente. Deve ser partilhado em dez minutos, aproximadamente, o texto litúrgico do dia, ou mesmo, substituir esse texto pela partilha de trechos bíblicos expressos nas Vigílias Eucarísticas., bem como proclamar o Evangelho do dia e partilhá-lo não estendendo muito esse tempo. Nossa Igreja oferece muitos outros momentos para o estudo e reflexão da Palavra. Procurem sempre estar atualizados com a liturgia diária. A Mãe-Igreja nos orienta nesse aspecto.

Essa hora de adoração deve preparar-nos para exercitar a caridade eucarística. Precisamos ser fiéis, por ela recebemos os dons da graça.

Sugerimos uma distribuição dos sessenta minutos de adoração:

Essa é uma sugestão. Cada grupo deverá adequá-la À sua situação. Estou à disposição para qualquer dúvida.

Vamos fazer uma experiência! Tudo para a glória da Santa Eucaristia; é preciso eucaristizar o coração! Conforme o Manual dos Adoradores, art. 14º: "Deus nos consagra para a divulgação do Filho Eucarístico", tão pouco conhecido.

Nesse ano de 2002 e 2003, a nossa Arquidiocese propõe para toda a Igreja o 14º Plano de Ação Evangelizadora, que tem como objetivo que nossa Igreja de Londrina também se torne Igreja Missionária - da Palavra, da Oração, da Comunhão e Partilha.

Esse projeto quer continuar o empenho em tornar a Igreja de Londrina uma Igreja Bíblica que estuda, reflete, reza, valoriza e vive a Palavra de Deus (XIV Plano de Ação Evangelizadora, p.13).

Os Adoradores devem ser fiéis e obedientes a esse apelo da Igreja, participando dos Grupos de Reflexão nas residências, na Igreja no Dia da Palavra; valorizando a Hora Eucarística, revitalizando a espiritualidade da Santa Missa e dos Sacramentos ligando a oração com a vida; respondendo ao apelo evangélico da Igreja que nos convoca ao amor preferencial pelos necessitados, concretizado na ajuda solidária (XIV Plano de Ação Evangelizadora, p, 17-19-22).

Com muito carinho, abraço cada um de vocês através do Cristo-Pão, verdadeiro Homem-Deus ungido pelo Espírito. Que Maria conduza-nos no caminho rumo à Santidade.

Beijos.

Irmã Ercília Gonçalves Tavares


CARTA AOS ADORADORES DA EUCARISTIA

Queridos adoradores, amar a EUCARISTIA e deixar-se imbuir pelo seu ESPIRITO. No caminho de Emaús, Jesus explicava as Escrituras para os dois discípulos. Hoje o mesmo Jesus EUCARÍSTICO nos explica as Escrituras no caminho da vida. Se Jesus se faz presente no meio deles, é porque viu a dor deles e o interesse para com seu Mestre e Senhor, quero através desta carta, mostrar que todos nós adoradores devemos ter o mesmo interesse e como os discípulos se por a caminho. Seja para a Santa Missa, adoração e nossas reuniões mensais. Estas reuniões não são feitas só para os coordenadores, mas para todos que sentirem o toque de Jesus. Vejam: Enquanto iam caminhando aos poucos foram sentindo um abrasamento em seus corações. Crescia cada vez mais as afeições para com aquele Peregrino. Esse desconhecido conversava com ele, acolhendo as suas tristezas e decepções. Se não houver encontro não há calor, pelo distanciamento e frieza. Em nossa consagração assumimos um compromisso. O compromisso da unidade. Jesus pediu por nós! "PAI SANTO GUARDA-OS EM TEU NOME, O NOME QUE ME DESTE, PARA QUE ELES SEJAM UM, COMO NÓS SOMOS UM" (Jo 17,11-12). No mundo de hoje, onde há tantas discórdias, nós temos, por amor a Cristo Pão, sua somente da unidade. Muitas vezes em nossas reuniões, há grupos que não comparecem os coordenadores, nem seus representantes, com isso vão ficando distantes das coisas que acontecem, dos assuntos que são falados em reunião, além de faltarem com a unidade. É neste convívio amoroso de nossas reuniões mensais, que os nossos olhos vão abrindo-se e os nossos corações vão aquecendo-se através do convívio mútuo. Por que? Porque a causa única e nossas reuniões é Cristo EUCARÍSTICO. É Ele que nos reúne sublimando com seu amor as nossas reuniões. E através delas que nosso movimento vai crescendo nas suas informações, afim de que ninguém fique alheio aos acontecimentos. Como os dois de EMAUS, a esperança e a alegria vão criando espaço em nossos corações, nos dando animo neste caminho EUCARISTICO. Como a presença do Peregrino, suscitou DOS discípulos, o desejo de ficarmos com a Santa EUCARISTIA e sermos os semeadores da Boa Notícia. E a boa noticia para o mundo é esta: JESUS EUCARISTICO ESTÁ VIVO NO SACRARIO, SEU AMOR CAMINHA CONOSCO! É um testemunho dado com a vida, na maneira de vestir, falar e agir. O que Ele quer de nós é uma resposta de fé, amor e esperança. Ele deseja sentar-se a nossa mesa e fazer refeição conosco, dando-nos a sua bênção. Por este amor que nos conduz, eu peço, a todos: Que nenhum grupo fique sem participar das reuniões Combine entre vocês se programem. Se por um motivo justo os coordenadores não puderem estar presentes mandem um representante. Procurem fazer das reuniões um compromisso mensal, para que a Santa EUCARISTIA. SEJA GLORIFICADA COM A NOSSA UNIDADE. É com muito carinho que os escrevo. E com este mesmo carinho espero ser adida, por causa de Jesus. Todos sabem que eu os amo! Despeço-me com um abraço e um o, na ternura EUCARISTICA. Contém sempre com as minhas orações.

Irmã Ercilia Gonçalves 


CARTA AOS ADORADORES

Queridos adoradores, Jesus EUCARÍSTICO nos convida a permanecer nEle. "PERMANECEI EM MIM" ( Jo 15,4) Esta é a ordem do verbo de Deus feito Pão para nós. Esta é a sua vontade. Quando Jesus disse para permanecer nEle não é somente por alguns instantes ou por algumas horas. Ele deseja que nós permaneçamos nEle todo momento. Ex: Rezai em mim, adorai em mim, amai em mim, sofrei em mim, trabalhai e agi em mim. Perrnanecereis em mim para serdes os meus divulgadores. Digam com a própria vida diária, que eu estou vivo no Pão EUCARÍSTlCO. Quero que permaneçam em comunhão comigo e com o próximo continuamente. Quando recebemos o Senhor no Pão EUCARISTICO, essa palavra "permanecer" deve produzir em nos, uma impressão profunda, deixando uma marca no coração. Jesus é assim: Alguém que ama e permanece em nós, por isso quer que nós também o amemos e permaneçamos nEle. As delicias de Jesus é estar conosco e quer que as nossas sejam estar com Ele. E dai que vem o apelo "PERMANECEI EM MIM, PERMANECEREIS NO MEU AMOR" Vem a insistência EUCARÍSTICA: "AQUELE QUE COME A ASINHA CARNE E BEBE MEU SANGUE, PERMANECE EM MIM E EU NELE." ( Jo 6,27) O Espírito Santo quer suscitar em nós um movimento profundo que nos mantenha unidos a Deus e a Cristo. Quer que depois do batismo, quando tomamos consciência que somos filhos de Deus, permaneçamos em continua oração. Jesus é fiel na sua oração ao Pai: "PAI, QUERO QUE ONDE EU ESTOU, ESTEJAM TAMBÉM COMIGO AQUELES QUE ME DESTE." ( Jo 17,24) Queridos adoradores, foi este o último desejo de Cristo antes de voltar ao Pai. Quer que sejamos com Ele não só na eternidade, mas desde já neste tempo que é um começo da eternidade, pois já o reconhecemos e adoramos no Pão EUCARISTICO. Se quisermos ser pessoas de oração é preciso fazer de nossas vidas, num trabalho contínuo, exercícios, para mantermos a mente e o coração, ligados a Deus, fruto da Santa Missa e adoração. Não podemos ter duas vidas, uma na Igreja e outra fora da Igreja. E preciso que façamos de nossos lares, uma pequena Igreja familiar. É aí que vamos viver o nosso carisma e obediência à Igreja e aos nossos estatutos. Não podemos mudar as coisas por nós mesmos. Isso nos divide quebrando nosso elo de união, de uns com os outros. Ai dilacera o amor fraterno que é a razão de nos manter unidos a Cristo. E permanecer em Cristo. É Ele que fala "SE ALGUÉM ME TEM AMOR MEU PAI O AMARÁ, E NÓS VIREMOS A ELE E FAREMOS NELE A NOSSA MORADA." (Jo 14,23) A vida de intimidade com Deus, exige de nós uma contínua oração, à maneira de cada um. Por isso é preciso uma intervenção continua do Espírito Santo. Se for possível, tirar cinco ou dez minutos por dia pedindo sua ajuda. É daí que vai depender o resto de nossa oração e a melhor participação na Santa Missa e adoração. É como diz Paulo: "NINGUÉM PODE DIZER "JESUS CRISTO É O SENHOR" SE NÃO FOR SOB A ALÃO DO ESPÍRITO SANTO" ( 1° Cor 12,3) Já quero pedir para se prepararem para o retiro de Julho. Sem um tempo de parada em nossa vida, não seremos capazes de entrarmos na profundidade do Espírito EUCARISTICO e permanecermos no Senhor. Queridos adoradores, é preciso contemplar Deus e os irmãos com o olhar de CRISTO EUCARISTICO. Quanto mais crescemos na fé, mais vamos tomando consciência de sua presença em nossas vidas. E o silêncio do retiro é para isso. Cristo EUCARISTICO é o rochedo novo, onde emana a vida como um rio, O Sacrário é a fonte, de onde Ele vem saciar a sede e abrir nosso coração. É neste Espírito que eu os espero para o próximo retiro, onde se encontrarão com Deus, conosco mesmos e com os irmãos. Para esse retiro, peço a oração de todos os Adoradores.

Um abraço com ternura, de quem os ama

Irmã Ercilia Gonçalves Tavares 

11-06-2003


Londrina 18 de janeiro de 2005

Queridos adoradores do Movimento da Santa Eucaristia,

Eu, Irmã Ercília, missionária e adoradora por ordem de Deus, para glorificar seu filho Eucarístico, paz e bem! Vocês são meus verdadeiros irmãos na fé Eucarística. Que a graça, misericórdia e a paz da parte de Deus Pai, Jesus Cristo, no Espírito Santo vos fortifique na fé.

Torno a lembrar a todos vocês as recomendações das cartas anteriores. Eu deveria em vez da carta ir aos grupos, para impedir que a frieza da fé Eucarístico que pode acontecer em seus corações, impedindo e crescimento e santificação de cada grupo.

Sim, amados coordenadores, a incoerência da vivência Eucarística no compromisso que fizemos no dia da consagração, ao invés de promoverem a obra de Deus, que se baseia na fé, só servem para ocasionar disputas e divisões nos grupos.

Estas recomendações só visam estabelecer a caridade, nascida de um coração puro, de _ boa consciência e de uma fé sincera na EUCARISTIA. É com muito amor e esperança que os escrevo neste inicio de 2005.

Vamos começar firmes acionando as nossas forças e potências interiores que o Esperto Santo nos dá em cada Santa Missa e Adoração, para não desanimar os nossos grupos, levando,os ao encontro pessoal com o Senhor da messe, neste ano Eucarístico. Pois a nossa atitude de pessoas de fé é antes de tudo um louvor e gratidão, numa oração continua, mas e Deus que centra a nossa atenção e nos da a capacidade de admirar o divino amor, no Pão Consagrado e contemplá-Lo ao sair nós mesmos. Sendo fiel a graça que Deus nos oferece por meio da Santa Eucaristia, seremos mais desinteressados, nos abrindo ao amor gratuito, neste trabalho de coordenar os nosso grupos. Pois sabemos na fé e no Espírito Santo que toda a História da Salvação desde o inicio até a consumação dos tempos é obra de Deus e bênção. E a benção do Pai aumentando na libertação dos nossos corações, portanto no crescimento de nossa santidade, na medida de nossa fidelidade a graça da consagração. E com carinho que os escrevo, pois o que mais desejo no meu coração é a santidade de vocês e dos grupos. Sejam firmes na maneira de dirigir as vigílias, na escuta dos problemas de cada pessoa do grupo, nas participações das reuniões mensais, colaborando assim para o crescimento e difusão do Movimento Eucarístico. Cada falta nas reuniões é um empobrecimento para com o grupo Peço com toda a força de minha alma e o amor que tenho por todos, se não puderem ir, mandem um representante do grupo, se não acharem alguém comuniquem a direção do Movimento. Mas façam o possível de mandar alguém.

Está se aproximando nosso primeiro retiro de 2005, cabe a cada coordenador incentivar as pessoas para participarem. O preço é de R$ 30,00, se alguém não puder pagar tudo, pode pagar em duas ou três vezes e se ainda assim não puderem, comuniquem o coordenador e direção do Movimento. Ensinem a fazerem um poupança nos gastos sem necessidade, para obterem um tempo para Deus, que será um tempo que cada um dará a si mesmo. Que ninguém deixe de fazer o retiro por causa de dinheiro. Quanto a num estou constantemente em oração por causa de todos. Amo-os! Despeço-me com um beijo eucarístico no coração de cada um de vocês.

Irmã Ercília Gonçalves Tavares 


Londrina. 07 de Dezembro de 2005.

Caro aos Coordenadores e Adoradores

Queridos coordenadores.

Em primeiro lugar dou graças a Deus, em Cristo Eucarístico pelo trabalho de vocês atuante aos seus grupos. Digo seus. por que na sua Paróquia são os representantes da fé em Cristo Pão. Como vocês sabem o trabalho Eucarístico a mim confiado não foi por vontade humana, mas pela vontade daquele que em seu Filho quer ser glorificado pelas nossas obras. Foi a graça de Deus que colocou irmã Delfina em meu caminho e vocês para um trabalho tão honroso que e a glorificação do Filho de Deus Eucarístico. Todos nós somos responsáveis por esta Missão na igreja. Por isso não deixemos escorregar de nossas mãos tão grande graça. Nenhum de nós estamos fazendo favor para Deus, mas Ele nos escolheu pelo conhecimento que tem de nossos corações para sermos divulgadores de sua ternura. Aqui na terra, somos seus embaixadores, isto é representantes de Cristo Pão, pela coerência de nossa fé em seu mistério. Cada adoradora e adorador pertencente a um grupo em sua Paróquia tem como dever testemunhar este ato de fé que acontece em cada missa e adoração. A consagração é um chamado e um passo dado na fé com responsabilidade! Deus espera isto de nós, depositou em nossos lábios, em nossas mãos e em todos os nossos gostos urna confiança ilimitada

Em nossa pequenas, só um Deus poderia fazer isto. Confiar um tesouro infinito em mãos tão frágeis como a nossa. Peco encarecidamente aos jovens já consagrados, que sejam testemunhas de Jesus Eucarístico nos seus movimentos e pastorais.

Agora o ser de vocês está selado com o selo Eucarístico. Como jovens, mostrem aos outros que vale tudo ser adorador. A presença de um consagrado no seu movimento o toma mais santo. Mas é preciso ser fiel na maneira de falar, de ser e de agir. O adorador e adoradora consagrada tem o compromisso de ser o retrato de Jesus na sua paróquia, grupo ou movimento. E algo que nós mesmos não podemos compreender o porquê o Senhor nos agraciou tanto assim.

Mas Ele conhece o coração dos seus escolhidos.

Sejam firmes e corajosos. Sua força nos conduzira à meta Por isso peco aos coordenadores que sejam fiéis no compromisso com as reuniões mensais. Não deixem o grupo enfraquecer por não saber a caminhada do Movimento.

Peco também que entre os grupos alguém seja generoso com seu coordenador. Ajudem-os nos dias que por circunstâncias pessoais ou familiares os seus coordenadores não puderem ir às reuniões. Que alguém se apresente com simplicidade de coração para representar o seu grupo na reunião. Ou, junto com o coordenador ou coordenadora, o próprio grupo eleja seu representante. Se puder é bom ir juntos nas reuniões. O grupo que conseguir dar este passo será uma bênção para o crescimento do Movimento e a glorificação do coração Eucarístico do Senhor.

E com este sentimento de ternura por cada uma e cada um de vocês que me despeço com um beijo Eucarístico em seus corações. Sejam firmes e não tenham medo de se arriscarem por Cristo. Ele é o dono do Movimento, nós somos apenas frágeis instrumentos em suas mãos. Que não sejamos urna enxada enferrujada, mas cheia de brilho, pois a terra que vamos cavar é Sagrada.

Abraço-os com carinho Eucarístico e os abençôo e também aos vossos familiares, pedindo a Jesus Eucarístico que realize em vossas vidas as graças necessárias e que os proteja e os fortalece na fé e na perseverança de adorar o Senhor Jesus em espírito e verdade.

Irmã Ercília Gonçalves Tavares. 

 

Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital2009-2014 © Adoradores da Eucaristia. Todos os direitos reservados.