Adoradores da Eucaristia    Adorar é conhecer a grandeza de Deus e o seu poder. Irmã Ercília

< sobre o movimento

Manual dos Adoradores da Santa Eucaristia

Mas vem a hora e é agora em que os verdadeiros adoradores, adorarão o Pai em Espírito e Verdade, pois tais são os adoradores que o Pai procura. Deus é Espírito e aqueles que o adoram, devem adorá-lo em Espirito e em verdade. (Jo 4, 23-24)

  1. Adorar é reconhecer a grandeza de Deus e o seu puder.
  2. Adorar é glorificar coma vida, a bondade de Deus.
  3. Adorar despojar-se de si mesmo, para abertura a amo do Espirito de Deus.
  4. Adorar a Deus é revestir o coração da humildade que é a verdade de um verdadeiro pobre. "A minha alma engrandece o Senhor e o meu espinto exulta em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humilhação de sua serva". (Lc 1, 46-2).
  5. Adorar é entregar-se sem reservas a Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.
  6. Adorar é servir e compreender. Naqueles dias, Maria p~s-se a caminho para a região montanhosa, dirigindo-se apressadamente a uma cidade de Judá. (Lc 1,39)
  7. Adorar é revestir-se do sentimento do Senhor Jesus Cristo EUCARISTICO, o fiel adorador do Pai.

A adoradora e o adorador são escolhidos pelo Pai para divulgar com a vida a grã ndeza de seu Filho EUCARÍSTICO, dando vigor a liturgia da Igreja

1) Ser adorador é revestir-se de um carisma própno, onde todo seu ser espelha a grandeza dos seus frutos EUCARÍSTICOS.

Devem manter nos costumes e na vida, aquilo que receberam pela fé e pelo sacramento na celebração da EUCARISTLA. Esforçam-se pois, para desenvolver com gratidão, toda sua vida na força do alimento celeste, participando na morte e ressurreição do Senhor. Assim, depois de tomar parte na Missa, seja cada qual solicitam fazer boas obras e em agradar a Deus, vivendo o restante, interessado na Igreja, realizando aquilo que aprendeu e progredindo na piedade(60) propondo-se impregnar o mundo com o Espirito cristão em tudo no seio da comunidade humana(61).

Porque nenhuma "comunidade cristã é edificada se não estiver fundada e arraigada na celebração EUCARÍSTICA, onde, portanto, há de principiar toda educação para o espírito de comunidade"(62) Documento Conferência dos Bispos do Brasil - Doc. Regional Liturgia Leste. Sagrada Congregação dos Ritos Santíssimo sobre o culto EUCARÍSTICO pag. 13, No. 13 (em vigor).

2) Como a EUCARISTIA é fonte da unidade, todos os adoradores deverão trabalhar pela unidade, pessoal, familiar e comunitária, evitando assim tudo o que leva a discórdia e divisão.

3) Toda liturgia gravita a volta do Sacrifício EUCARÍSTICO em primeiro lugar, e dos outros sacramentos, dados por Cristo a sua Igreja. (A liturgia Romana e a Inculturação - pag. 21 num. 25,12). Por isso os adoradores devem Ter um carinho todo especial na preparação do altar, na limpeza da Igreja, na ornarnentação dos vasos e na escolha dos canticos.

4) O primeiro anuncio da EUCARISTIA dividiu os discípulos, assim como o anúncio da Paixão; "Essa palavra é dura! Quem pode escutá-la" (Jo 6,60). A EUCARISTIA e a cruz são pedras de tropeço. É o mesmo mistério, e ele não cessa de ser ocasião divisão. "Vós também quereis ir embora" (Jo 6,67). Esta pergunta do Senhor ressoa através dos séculos, convite do seu amor a descobrir que só Ele tem "as palavras da vida eterna" (JO 6,68) e que acolher na fé o Dom da sua EUCARISTIA é acolher Ele rnesmo.(CIC pg. 320, num. 1336)

5) Cada adorador e adoradora consagrado deve esforçar-se para ser no meto em que vive e trabalha, um sinal da morte e ressurreição do Senhor. Pela consagração à Santa EUCARISTIA, o seu modo de viver e de se comportar no meio do mundo deverá ser diferente dos demais. Assim revelara ao mundo descrente, sob a escuridão do pecado, a alegria de uma nova Páscoa celebrada em cada liturgia EUCARÍSTICA.

6) Sendo a Igreja o fiuto do sacrificio de Cristo, a liturgia é sempre acelebração do mistério Pascal de Cristo, glorificação de Deus e santificação da mulher e do homem pelo poder do Espirito Santo. O culto cristão, encontra assim a sua expressão fundamental, quando aos domingos, no mundo inteiro, os cristãos, reunidos em volta do altar, sob a presidência do sacerdote, celebram a EUCARISTIA. Juntos, escutam a Palavra de Deus e fazem o memorial da morte e ressurreição de Cristo, Enquanto esperam a sua vinda gloriosa(Cf. Concilio Vaticano IL Sacrossanto Concilio n. 7).

7) Para participar do sacrifício EUCARiSTlCO, os consagrados deverão preparar-se com reverência e delicadeza numa conduta digna do ato litúrgico que vão participar, desde o modo de se vestir, para que suas próprias vidas revelem o respeito ao Sagrado, ou seja, a própria pessoa do batido.

8) A EUCARISTIA é "fonte e ápice de toda a Vida Cristã". Os demais sacramentos, assim como todos os ministérios eclesiásticos e tarefas apostólicas, se ligam à sagrada EUCARISTIA e a ela ordenam. Pois a santíssimo EUCARISTIA contém todo o Dom espiritual da Igreja, a saber: O próprio Cristo, nossa Páscoa.

A comunhão de vida com Deus e a unidade do povo de Deus, pelos quais a Igreja é ela mesma a EUCARISTIA, as significa e as realiza Nela está o climax tanto da ação pela qual, em Cristo, Deus santifica o mundo, quanto o culto que no Espirito Santo, os homens prestam culto a Cristo e, por Ele a Deus Pai.

Finalmente pela celebração EUCARÍSTICA já nos unimos à liturgia do céu e antecipamos a Vida eterna, quando será tudo em todos.

Numa palavra, a Santa EUCARISTIA é resumo e o ápice de nossa fé. Nossa maneira de pensar concorda com a EUCARISTIA, e a esta por sua vez, confirma nossa maneira de pensar. (CIC - Art.3, pag. 317, nrs. 1324 1327).

9) Adoradores peçam continuamente ao Espirito Santo e a Virgem Moia, a força e a luz para agirem em qualquer situação, de acordo com a vocação que foram chamados. Procurem dar a Cristo o louvor e a glória com dignidade de pessoas consagradas. Honrem com a vida a Santa Igreja, pela qual Ele padeceu, morreu e no terceiro dia, foi ressuscitado pelo Pai, para a alegria de toda a humanidade. (Exorto-vos pois, prisioneiro que sou pela causa do Senhor, que leveis uma vida digna da vocação a qual fostes chamados, com toda a humildade e amabilidade, com grandeza de alma, suportando-vos mutuamente com caridade. Sede solícitos em conservar a unidade do Espirito no vinculo da paz. Sede um só corpo e um só espírito, assim como fostes chamados pela vossa vocação a uma só esperança

10) Adoradores sejam homens e mulheres nutridos pela esperança Evangélica. Sejam mensageiros da paz num mundo de tantas discórdias. Que mesmo nas horas difíceis, sejam capazes de se manter filmes na esperança e na fé, edificados pelos apóstolos e com os ouvidos atentos àquele que os chama a uma vida santa.

11) Por isso cingindo os rins da vossa mente, sede sóbrios e ponde toda vossa esperança na graça que vos será trazida por ocasião da revelação de Jesus Cristo. Como filhos obedientes não consintais em modelar a vossa vida de acordo com as paixões de outrora, do tempo da vossa ignorância. Antes, como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos em todo o vosso comportamento, porque está escrito: Sede Santos, porque eu sou Santo (I PD 1,13)

12) Adoradores peçam ao Espirito Santo, a graça de inserir a sua vida na Liturgia da Santa Igreja. Pois participar da Santa Missa não é apenas ficar passivos diante do altar, cantando e respondendo as oracões litúrgicas. É isto e muito mais. É deixar-se partir no dia a dia, como Cristo deixou-se partir no Pão em cada EUCARISTIA. É morrer em cada situac, ão, no diálogo, na partilha de si próprio, nos ideais, opiniões, é morrer para que outros tenham a Vida. E aí que a palavra de Cristo se faz Vida: FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

"A Liturgia na qual se realiza o mistério da salvação, termina com o envio dos fiéis para que cumpram a vontade de Deus, na sua vida cotidiana" (CIC 1332 - pág. 319)

13) O adorador é uma testemunha do Deus Vivo e Verdadeiro. "Está escrito: Adorarás ao Senhor teu Deus e só a Ele prestarás culto. (Lc 4,8, Deut. 6,13). Portanto os adoradores são testemunhas vivas do Deus de Nosso Senhor Jesus Cristo. Consagrar-se ao Filho EUCARISTICO é o mesmo que deixar Deus apossar-se do coração para modelá-lo com o fogo do Espírito.

4) A pessoa que realmente for chacinada para a consagração, foi tocada por Deus, pois é Ele quem consagra para a divulgação do Filho EUCARÍSTICO, confirmando a sua palavra ao coração da pessoa consagrada. "E tomou um pão, deu graças, parque e distribui-o a eles, dizendo: "isto é o meu corpo que é dado por vós. "Fazei isto em minha memórias E depois de comer, fez o mesmo com o cálice, dizendo: Peste cálice é a nova aliança em meu sangue, que é derramado em favor de vós."(Lc 22, 19-20)

15) Para pedir a consagração ao Senhor Bispo/Arcebispo, é preciso assiduidade na liturgia EUCARÍSTICA e nas adorações por um ano, sendo acompanhado(a) pelos coordenadores do grupo do Movimento EUCARÍSTICO da Paróquia, pois a consagração leva a assumir um compromisso de vida, diante do povo de DEUS.

16) Os coordenadores instruirão os futuros consagrados, sobre os sete compromissos que receberão no dia da consagração. Estes compromissos são o distintivo dos adoradores e do movimento ao qual irão pertencer. Esta preparação não devera ocorrer nos momentos de vigílias.

17) Todos os adoradores consagrados terão o compromisso de fazer anualmente, um retiro espiritual e para todos os que vão fazer a consagração, fica a livre escolha se puderem fazer, melhor para seu proveito.

18) O retiro é uma parada na caminhada da vida. É uma graça do Espirito para todos que tem esta possibilidade. Sêrá um tempo de rigoroso silêncio, para melhor entrar no templo interior. Sem o silêncio é impossível um encontro pessoal com Jesus. Ele mesmo nos deu o exemplo. "Tendo-as despedido, subiu ao monte, a fim de orar a sós. Ao cair da tarde, estava ali sozinho."(Mt. 14, 22-23)

19) O deserto é um lugar de profunda oração, silêncio e solidão. Não uma solidão esmagadora, mas um estar a sós, buscando o Rosto de Deus. Uma solidão preenchida pelo amor daquele que é ternura, misericórdia e paz. A preparação e feita antes da consagração. É uma graça do Espírito. Jesus também antes de iniciar o seu ministério, foi conduzido pelo Espírito ao deserto. "Jesus, pleno do Espirito Santo, voltou do Jarda; e era conduzido pelo Espirito através do deserto."(Lc. 4,1).

20) A Missa da Consagração deverá ser solene, com canticos próprios. É o dia da exaltação da Santa EUCARISTIA no coração dos adoradores. É a grande festa onde novos adoradores farão a sua consagração à Pessoa EUCARÍSTICA do Senhor Jesus Cristo. É a festa do amor! Neste dia é aconselhado a fazer tudo o que puder de belo. Ex.: a preparação do coração, através de uma confissão; a melhor roupa, o melhor ornamento da Igreja a saber: a solene entrada da Bandeira EUCAR~STICA, as crianças adoradoras e tudo o que possa dar um clima de alegria e festa no Espirito de Deus. A adora,cão é a grande atitude da mulher e do homem que se reconhece criatura diante de seu Criador. Exalta a grandeza do Senhor que nos fez, a onipotência do Senhor que nos liberta do mal. É prosternação do Espírito do "Rei da Glória" (S124 10). E o silêncio respeitoso diante de Deus "sempre maior". A adoração do Deus Três vezes Santo e sumamente amável nos enche de humildade e dá garantia as nossas súplicas. (CIC Art. 3, 2628- pag. 591).

Compromisso do Rdorador e Adoradora da Eucaristia

  1. Amar a Santa EUCARISTIA acima de tudo.

  2. Fidelidade ao casamento, na ajuda mútua.

  3. Compromisso de participar de uma Santa missa ou ato de adoração diante do Sacráno pelo menos uma vez por semana.

  4. Entregar a própria vida ao coração EUCARÍSTICO do Senhor, e para o crescimento e honra da Igreja.

  5. Ser arrimo de oração para o Arcebispo, ajudando-o em sua missão pastoral. 

  6. Rezar pelo Papa e Santificação dos Sacerdotes.

  7. Rezar pelos seminaristas, pelos seus formadores e pelas vocações sacerdotais, religiosas e leigos missionários, pedindo sempre a intercessão da Santíssima Virgem Maria.

Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital2009-2014 © Adoradores da Eucaristia. Todos os direitos reservados.